A Inserção da História da Química em Sala de Aula: “Qual Elemento Químico Sou Eu?”

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2021v22n5p720-731

Resumo

Resumo
O estudo da Tabela Periódica é sempre um grande desafio, em função do fato de os alunos não entenderem as propriedades periódicas atreladas a como os elementos foram organizados, além da difícil compreensão de que essas propriedades se relacionam para a formação das substâncias. O presente trabalho buscou abordar a história da química na classificação dos elementos, construindo juntamente com o aluno uma compreensão e apropriação dos conhecimentos que foram utilizados para a construção da tabela periódica. Este estudo foi desenvolvido com 35 alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de uma escola pública estadual do Norte do Estado do Espírito Santo, adotando a nova modalidade de ensino semipresencial. A partir desta proposta didática, ficou evidente que os educandos apresentaram uma compreensão adequada dos principais aspectos de construção Histórica da Tabela Periódica, identificadas na participação das atividades propostas em uma abordagem semipresencial da EJA.

Palavras-chave: História da Ciência. Educação de Jovens e Adultos. Natureza da Ciência.

Abstract
The study of the Periodic Table is always a great challenge, due to the fact that students do not understand the periodic properties linked to how the elements were organized, in addition to the difficulty understanding that these properties are related to the substances formation. The present work aimed to approach the chemistry history in the elements classification, building together with the student an understanding and appropriation of the knowledge that was used to construct the periodic table. This study was developed with 35 students of Youth and Adult Education (EJA) from a state public school in the north of the state of Espírito Santo, adopting the new modality of semi-presential education. From our didactic proposal, it was evident that the students presented an adequate understanding of the main aspects of Historic construction of the Periodic Table, identified in the participation of the proposed activities in a semi-presential approach of EJA.

Keywords: Science History. Youth and Adult Education. Science Nature of Science.

Biografia do Autor

Rodrigo Da Vitória Gomes, Universidade Federal do Espírito Santo, Programa de Pós-graduação em Ensino na Educação Básica, ES, Brasil.

Licenciado em Química pela Universidade Federal do Espírito Santo/UFES (2017) com período sanduíche pelo programa Erasmus Mundos na University of Patras/UPATRAS na Grécia (2014-2015). Licenciado em Pedagogia pela Faculdade Venda Nova do Imigrante/FAVENI (2020). Especialista em Práticas Assertivas em Didática e Gestão da Educação Profissional Integrada à EJA pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte/IFRN (2020). Mestre em Ensino na Educação Básica sub área Ensino de Química pela Universidade Federal do Espírito Santo, Campus São Mateus/Ceunes/UFES (2020), com pesquisa em História da Ciência no Ensino de Química e Formação de Professores. Doutorando em Educação em Ciências e em Matemática pela Universidade Federal do Paraná/UFPR. Desenvolve pesquisa em Educação em Ciências atuando principalmente nos seguintes temas: História da Química, Relações entre Ciência e Técnica na História e Interfaces entre História da Ciência e Ensino. 

Ana Nery Furlan Mendes, Universidade Federal do Espírito Santo, Programa de Pós-graduação em Ensino na Educação Básica, ES, Brasil.

Possui graduação em Química Industrial e Bacharelado em Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Realizou o doutorado em Química na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com período sanduíche na Universitat Autònoma de Barcelona, sobre a hidroformilação homogênea e bifásica de olefinas e ésteres graxos insaturados. Atualmente desenvolve trabalhos de docência e pesquisa na Universidade Federal do Espírito Santo (campus São Mateus). Membro do corpo docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino na Educação Básica da UFES (PPGEEB). As principais áreas de atuação são: Uso de materiais bioadsorventes para tratamento do óleo de fritura, biodiesel e efluentes aquosos; Ensino de Química (desenvolvimento de materiais pedagógicos e metodologias diferenciadas; uso de metodologias ativas e formação de professores). 

Downloads

Publicado

2021-12-16

Edição

Seção

Artigos