A Avaliação do Rendimento Acadêmico de Estudantes em Modalidade de Ensino Remoto Durante a Pandemia de COVID-19 em Manaus

Autores

  • Xadreque Vitorino Macuácua Universidade Federal do AmazonasUniversidade Federal do Amazonas, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia., AM, Brasil.
  • Angela Maria Araújo de Lima Universidade Federal do Amazonas, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia. AM, Brasil.
  • Karem Teles Freitas Universidade Federal do Amazonas, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia. Manaus, AM, Brasil.
  • Lauro dos Santos Santarém Junior Universidade Federal do Amazonas, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia. AM, Brasil
  • Sídia Maria Ambrósio de Oliveira Universidade Federal do Amazonas, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia. AM, Brasil.
  • Henrique dos Santos Pereira Universidade Federal do Amazonas, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazonia. AM, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2021v22n3p401-411

Resumo

Resumo
Em decorrência da crise sanitária global provocada pela Pandemia de COVID-19, os sistemas dos vários níveis do ensino tiveram que se adaptar rapidamente e de modo precário, substituindo-se a modalidade presencial pela remota, por meio de ferramentas digitais. O presente estudo tem como objetivo analisar a relação entre a qualidade da ambiência vivenciada pelos estudantes em condições de isolamento doméstico e seu rendimento acadêmico no ensino remoto, aferidas por autoavaliação. Tomaram-se como sujeitos da pesquisa estudantes de graduação e Pós-graduação, em uma amostra de conveniência de 62 indivíduos maiores de 18 anos, de ambos os gêneros, na cidade de Manaus, Amazonas. Para coleta dos dados foi utilizado um formulário eletrônico compartilhado por aplicativo de mensagem. Os dados foram analisados por método gráfico e de regressão linear simples e múltipla. As componentes da avaliação da ambiência com piores desempenhos foram o compartilhamento do ambiente de estudo e dos equipamentos, o nível de ruído, a interrupção do sinal de internet e o trabalho simultâneo. O rendimento escolar foi considerado satisfatório na avaliação dos estudantes entrevistados, exceto no quesito interatividade. Resultados indicam que a qualidade ambiência interfere positivamente no aproveitamento, porém essa relação é influenciada pelo nível do curso e pelo gênero, vez que essa relação foi significativa somente para o nível de graduação e para estudantes do gênero masculino. Os desafios provocados pela transição educacional abrupta têm implicações negativas no desempenho e motivação dos estudantes.

Palavras-chave: Ensino. Ambiência. Aproveitamento dos Estudantes.

Abstract
As a result of the global health crisis caused by the Covid-19 pandemic, the systems of the various levels of education had to adapt quickly and in a precarious way, replacing the face-to-face modality with the remote one, through digital tools. This study aims to analyze the relationship between the quality of the environment experienced by students in conditions of domestic isolation and their academic performance in remote education, measured by self-assessment. Undergraduate and graduate students were taken as research subjects, in a convenience sample of 62 individuals over 18 years of age, of both genders, in the city of Manaus, Amazonas. For data collection, an electronic form shared by a message application was used. Data were analyzed by graphical method and simple and multiple linear regression. The ambience evaluation components with the worst performances were the sharing of the study environment and equipment, the noise level, the internet signal interruption and the simultaneous work. School performance was considered satisfactory in the evaluation of the interviewed students, except for the item interactivity. Results indicate that ambience quality positively affects achievement, but this relationship is influenced by the level of the course and by gender, since this relationship was significant only for the undergraduate level and for male students. The challenges brought about by the abrupt educational transition have negative implications for the students’ performance and motivation.

Keywords: Teaching. Ambience. Students' Performance.

Downloads

Publicado

2021-09-30

Edição

Seção

Artigos