A Educação a Distância nas Políticas Públicas da Universidade Aberta do Brasil: uma Revisão Sistemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2021v22n5p655-664

Resumo

Resumo
A Educação a Distância (EaD), nos últimos anos, vem despontando no cenário mundial e provocando profundas transformações no processo de globalização das relações sociais e econômicas. E o fomento da EAD, no Brasil, tem nas políticas o seu crescimento. Nesse sentido, o objetivo deste artigo foi apresentar, identificar, descrever e analisar artigos científicos sobre Educação a Distância, Universidade Aberta do Brasil e políticas públicas em educação. E para isso, foi realizada uma revisão sistemática nas bases de dados do portal dos Periódicos Capes e da Scielo, no período de 1979 a 2020, sem levar em consideração ao idioma dos artigos pesquisados. Conclui-se que ainda há poucos estudos no que se relaciona a Universidade Aberta do Brasil, e uma quantidade considerável quanto à educação a distância e políticas públicas, porém uma enorme possibilidade para que se façam outras pesquisas naquelas áreas, já que seus assuntos não estão esgotados.

Palavras-chave: Ensino à Distância. Ensino Superior. Brasil.

Abstract
The purpose of this article was to present, identify, describe and analyze scientific articles on Distance Education, Open University of Brazil and public policies in education. Therefore, a systematic review was carried out in the of portal of Periódicos Capes and Scielo databases, from 1979 to 2014, without considering the researched articles language. It is concluded that there are still few studies regarding the Open University of Brazil, and a considerable amount regarding distance education and public policies, but a huge possibility for further research in those areas, since their subjects are not depleted .

Key words: Distance Learning. University Education. Brazil.

Biografia do Autor

Andreine Lizandra dos Santos, Universidade Federal de Pelotas. RS, Brasil. Universidade FEEVALE. RS, Brasil.

Graduação em LICENCIATURA EM LETRAS PORTUGUÊS/INGLÊS pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2006), graduação em BACHAREL EM CIÊNCIAS JURÍDICAS E SOCIAIS pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (1994), graduação em FORMAÇÃO PEDAGÓGICA PARA DOCENTES pela Universidade Luterana do Brasil (2000), MESTRADO EM DESENVOLVIMENTO REGIONAL - Faculdades Integradas de Taquara (2016) e DOUTORANDA EM PROCESSOS E MANIFESTAÇÕES CULTURAIS - Universidade FEEVALE(Novo Hamburgo). Atualmente é tutor presencial da Universidade Federal de Pelotas e professora .. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação de Adultos, atuando principalmente nos seguintes temas: educação em geral, ensaios literários, educação a distância, formação de professores e universidade aberta do brasil, gestão e Ciências Humanas.

Carlos Fernando Jung, Universidade Federal do Rio Grande do Sul. RS, Brasil. Faculdades Integradas de Taquara. RS, Brasil.

Pós-Doutorado em Engenharia (Projetos de Engenharia) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, Doutor em Engenharia de Produção (Área de concentração: Sistemas da Qualidade) pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, Mestre em Engenharia de Produção (Área de concentração: Projeto de Produto) pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM. É Coordenador e Professor dos Cursos de Engenharia de Produção (2000-Atual) e Superior de Tecnologia em Gestão da Qualidade (2010-Atual) das Faculdades Integradas de Taquara - FACCAT. Professor Colaborador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção - PPGEP/UFRGS (2012-Atual). Tem experiência de 20 anos (1980-2000) na área de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e produção industrial de equipamentos eletrônicos. Gestor do Pólo de Inovação Tecnológica do Paranhana/Encosta de Serra - Programa de Pólos Tecnológicos da Secretaria da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico do RS (2001-Atual). Professor/Pesquisador do Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Regional das Faculdades Integradas de Taquara - FACCAT (2013-Atual). Consultor "Ad hoc" - Área 9 - Produção - Secretaria da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico do RS (2013-2015). Membro do CAA - Comitê Assessor de Área: Tecnologia em Gestão da Qualidade - INEP/MEC (2018-2020) nomeado pela Portaria Nº 151 de 05/03/2018. 

Daniel Luciano Gevehr, Universidade do Vale do Rio dos Sinos. RS, Brasil. Faculdades Integradas de Taquara. RS, Brasil.

Doutor em história (2007) pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Possui graduação em história (2000) e mestrado em história (2003) pela mesma Universidade. É Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR - FACCAT), onde também atua como Líder do Grupo de Pesquisa (CNPq) Instituições, Ordenamento Territorial e Políticas Públicas para o Desenvolvimento Regional, das Faculdades Integradas de Taquara (FACCAT). É coordenador de Área do Programa Residência Pedagógica (PRP-Capes) do Curso de História da FACCAT. Seu campo de investigação privilegia, atualmente, as questões que envolvem a problemática do patrimônio cultural, da educação patrimonial, da memória,das sensibilidades, da produção dos espaços urbanos, educação e formação docente. Pesquisa, ainda sobre as representações de raça, etnia e gênero. Tem experiência na área de história, educação e desenvolvimento regional, atuando principalmente nos seguintes temas: história do Brasil e do Rio Grande do Sul, história dos municípios, movimentos migratórios históricos e contemporâneos, movimento Mucker, patrimônio cultural, espaços urbanos, memória, representações e relações de gênero, raça e etnia e processos identitários.

Downloads

Publicado

2021-12-16

Edição

Seção

Artigos