Considerações Sobre a Formação de Professores do Ensino Fundamental de Turno Único na Rede Estadual do Paraná

Autores

  • Belmiro Marcos Beloni Universidade Tecnológica Federal do Paraná. PR, Brasil.
  • Antonio Carlos Frasson Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciência e Tecnologia. PR, Brasil.
  • Alessandra Dutra Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciências Humanas, Sociais e da Natureza. PR, Brasil. Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciência e Tecnologia. PR, Brasil.
  • Merielle Camilo Secretaria de Estado da Educação e do Esporte. PR. Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2021v22n3p340-345

Resumo

Resumo
A oferta de Ensino Integral é consolidada como uma das melhores estratégias na busca de atendimento pleno da Educação Pública no Brasil, especialmente, com o intuito de alcançar educandos em situação de vulnerabilidade social. Historicamente, os programas de Governo se estruturaram na tentativa de agregar atendimento que extrapola o atendimento educacional, congregando outras esferas de serviços públicos, com enfoque no público mais vulnerável, com a oferta escolar em turno e contraturno. O ensino de turno único, desde 2012, propõe enfoque específico com reconfiguração da matriz curricular do Ensino Fundamental, com formato integrado de oferta das disciplinas. O objetivo foi discutir o Ensino Integral, tanto seu percurso histórico no Brasil como na política educacional de implementação no Paraná. Para a realização desse estudo se adotou pesquisa bibliográfica na literatura produzida sobre o tema, bem como nos documentos oficiais que nortearam suas implementações. Com o estudo se tornou visível que as políticas educacionais, em suas propostas, que modificam sobremaneira as estruturas de escolas e matrizes curriculares destinam vagas conceituações quando referente aos responsáveis in loco pela execução dessas políticas, tornando evidente que a diferenciação da oferta, impreterivelmente, deve ser para além do prolongamento da jornada escolar. A consolidação do programa, enquanto permanente, demanda formação continuada para professores que atuam, diferente da generalizada para toda a rede de Ensino Estadual, fator de impacto determinante no sucesso de sua execução e ampliação de atendimento.

Palavras-chave: Educação Básica. Educação Integral. Formação Continuada.

Abstract
The offer of full-time education is consolidated as one of the best strategies in the search for full service to public education in Brazil, especially with the aim of reaching students in situations of social vulnerability. Historically, government programs have been structured in an attempt to aggregate care that goes beyond educational care, bringing together other spheres of public services, with a focus on the most vulnerable public, with the school supply in shift and second shift. The single shift teaching since 2012, proposes a specific approach with the curricular matrix reconfiguration of elementary education, with an integrated format for offering subjects . The objective was to discuss full-time education, both its historical trajectory in Brazil and in the educational implementation policy in Paraná. To carry out this study, bibliographic research was adopted in the literature produced on the theme, as well as in the official documents that guided its implementations. With the study it became visible that the educational policies in their proposals that greatly modify the schools and matrices curricula structures aim at vague conceptualizations when it comes to those responsible in loco for the implementation of such policies, making it evident that the offer differentiation must be beyond the school day extension. The program consolidation, while permanent, requires continued training for teachers who work, different from the generalized for the entire state education network, a determining impact factor in the success of its execution and attendance expansion.

Keywords: Elementary Education. Full-time Education. Continuing Training.

Biografia do Autor

Belmiro Marcos Beloni, Universidade Tecnológica Federal do Paraná. PR, Brasil.

Licenciado em Pedagogia - Supervisão Escolar pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (2003), Mestrado em Geografia pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (2014) e Doutorando em Ensino de Ciência e Tecnologia na UTFPR/Ponta Grossa.  Atua no Departamento de Educação na Universidade Tecnológica Federal do Paraná e Professor Pedagogo no Colégio Agrícola de Guarapuava (CEEP Arlindo Ribeiro). Tem experiência na área de Gestão da Ensino Superior, com ênfase em Políticas da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: universidade, educação profissional e tecnológica, desenvolvimento regional e dinâmica econômica.

Antonio Carlos Frasson, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciência e Tecnologia. PR, Brasil.

Doutor em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba. Professor Adjunto da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Ponta Grossa. Está vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Tecnologia (PPGECT) no Câmpus Ponta Grossa. É líder do grupo de pesquisa Educação Inclusiva: contextos de formação e práticas pedagógicas para o Ensino de Ciência e Tecnologia. Avaliador institucional e de cursos do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anisio Teixeira - INEP.

Alessandra Dutra, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciências Humanas, Sociais e da Natureza. PR, Brasil. Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ensino de Ciência e Tecnologia. PR, Brasil.

Alessandra Dutra possui Graduação em Letras pela Universidade Estadual de Londrina (1997), Mestrado em Letras pela Universidade Estadual de Londrina (2003) e Doutorado em Linguística e Língua Portuguesa pela UNESP/Araraquara. Atualmente, é professora adjunta da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Campus Londrina. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Ensino de Língua Portuguesa e Inglesa, Estágio Supervisionado, Prática de Ensino, atuando principalmente nos seguintes temas: Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação, Letramento e Multiletramentos. Professora permanente dos Programas de Mestrado em Ensino de Ciências Humanas, Sociais e da Natureza - PPGEN/Londrina e Doutorado em Ensino de Ciência e Tecnologia, UTFPR/Ponta Grossa. É bolsista de produtividade em pesquisa pela Fundação Araucária.

Merielle Camilo, Secretaria de Estado da Educação e do Esporte. PR. Brasil.

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (2003) e graduação em Filosofia pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (2006).Especialista em Formação de professores para a docência no ensino Superior (2007) e Mestra (2015) em Bioenergia pelo programa em rede de Pós graduação em Bioenergia - UNICENTRO. Atualmente é professora QPM do Estado do Paraná - disciplina filosofia, lotada no Colégio Estadual Visconde de Guarapuava. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Educação Ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: vespas, abelhas, diversidade, comunidade, ninhos/a, problemática ambiental, capacitação de professores, educação ambiental, liberdade, responsabilidade e ética, meio ambiente, Biodiesel e patentes. Atualmente tem se dedicado à pesquisas envolvendo questões de gênero e violência contra as mulheres no ambiente escolar, com desenvolvimento de atividades pedagógicas que reforcem conceitos de dignidade humana, respeito e inclusão social através da supervisão do programa PIBID Filosofia UNICENTRO, bolsa CNPq (2018-2020), no Colégio Estadual Visconde de Guarapuava.

Downloads

Publicado

2021-09-30

Edição

Seção

Artigos