A Articulação dos Saberes de Experiência e da Ação Pedagógica na Docência Universitária: uma Breve Revisão da Literatura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2021v22n2p206-216

Resumo

Resumo
A docência universitária abrange a ação do professor no Ensino Superior e como em todo ofício, a profissão docente também possui saberes específicos. Na legislação brasileira há um silenciamento em discussões mais profundas que envolvem a formação na docência universitária, principalmente, questões basilares para a formação profissional dos professores: os conhecimentos didáticos e os saberes docentes. Este estudo consiste em uma breve revisão de literatura de pesquisas desenvolvidas no Brasil, nos últimos cinco anos, sobre a articulação da Docência Universitária com os saberes de experiência e da ação pedagógica. Esta investigação consiste em uma pesquisa bibliográfica de abordagem qualitativa. A partir das plataformas investigadas foram encontrados vinte trabalhos distribuídos em onze teses e nove dissertações, com predominância das pesquisas na área de Educação. Apesar do número incipiente de trabalhos analisados, foi identificada uma diversidade de estudos sobre os referidos saberes na Docência Universitária, que destacaram a influência das Histórias de vida e Experiências na prática pedagógica dos professores universitários, percebendo que a formação da profissionalidade ocorre por meio das mediações didáticas e dos saberes docentes. Além disso, algumas pesquisas mencionaram o silenciamento da legislação em relação à formação do professor do Ensino Superior e a necessidade de Políticas Públicas e institucionais capazes de promover um desenvolvimento profissional de qualidade na Universidade. É preciso continuar as pesquisas sobre a Docência Universitária, pois é um campo de estudo relativamente novo no Brasil e requer o entendimento epistemológico para promover ações efetivas na melhoria da qualidade da educação e da formação profissional.

Palavras-chave: Professores Universitários. Ensino Superior. Saberes Docentes.

Abstract
The University Teaching includes the professor’s action in Higher Education and, as in any other profession, the teaching profession also has specific knowledge. In Brazilian law there is a silence in the deeper discussions that involve training in university teaching, mainly in basic issues for the professors professional training: didactic knowledge and teaching knowledge. This study consists of a brief literature review of researches developed in Brazil in the last five years about the articulation of University Teaching with the experiential knowledge and of pedagogical action. This investigation consists of a literature review with a qualitative approach. From the investigated platforms, 20 papers were found, distributed in eleven theses and nine dissertations, with a predominance of researches in the Education area. Despite the incipient number of studies analyzed, it was identified a diversity of studies referring to knowledge in University Teaching, highlighting the influence of Life Stories and Experiences in university professors’ pedagogical practice, recognizing that the professionalism formation occurs through didactic mediations and teaching knowledge. Besides that, some studies had mentioned the legislation silencing regarding the higher education professors’ training and the necessity of public and institutional policies capable of promoting a quality professional development at the University. It is necessary to continue the University Teaching research because it is a quite new field of study in Brazil and requires an epistemological understanding to promote effective actions to improve the quality of education and professional training.

Keywords: University Teachers. Higher Education. Teaching Knowledge.

Biografia do Autor

Mara Aparecida Alves da Silva, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. BA, Brasil. Universidade Federal da Bahia, Programa de Pós-Graduação em Educação. BA, Brasil.

Possui graduação em Química Licenciatura Plena pela Universidade de Uberaba (2010), graduação em Ciências pela Universidade Federal de São João Del-Rei (2001), mestrado em Educação Científica e Formação de Professores pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2016), em processo de doutoramento no Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia. Atualmente é professora assistente da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Educação Química, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de química, formação de professores, docência universitária, saberes docentes, experimentação, CTS.

Lúcia Gracia Ferreira, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. BA, Brasil. Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. BA, Brasil.

Professora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Pós-doutora pela UFBA. Doutora em Educação pela UFSCar. Possui graduação em Licenciatura em Pedagogia pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores, Docência, Pedagogia Universitária, Desenvolvimento Profissional, Educação e Linguagem. Orienta estudos relativos aos temas da Docência Universitária, Desenvolvimento profissional de professores, Identidade, Saberes e práticas docentes.

Downloads

Publicado

2021-06-23

Edição

Seção

Artigos