Os Recursos Educacionais Abertos (REA) Como Apoio à Formação Continuada Docente

Autores

  • Aline da Costa Silva Santos Faculdade Tecnológica do Estado do Rio de Janeiro. RJ, Brasil.
  • Thássya Maria Dias de Oliveira Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. RJ, Brasil.
  • Mariza da Gama Leite de Oliveira Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. RJ, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2021v22n2p276-281

Palavras-chave:

Novas Tecnologias da Informação e Comunicação, Formação Continuada de Professores, Recursos Educacionais Abertos.

Resumo

Resumo
O artigo analisa a contribuição das novas tecnologias da informação e comunicação para o trabalho docente na atualidade. Busca contribuir para o aprimoramento da formação continuada de professores, conscientizando-os da necessidade de conhecerem os principais desafios que as mudanças tecnológicas trazem para o ensino; pretende também lançar um olhar crítico sobre a eficácia das políticas públicas, no sentido de inserir nas escolas públicas recursos e profissionais capacitados. Como apoio à formação continuada docente, são apresentados os recursos educacionais abertos (REA) que promovem a educação aberta, incentivam práticas de colaboração e compartilhamento, facilitam o acesso ao conhecimento e incentivam os professores e estudantes a serem coautores na produção de materiais para fins educacionais. A metodologia utilizada é a pesquisa bibliográfica, incluindo busca a sites como domínio público, TV escola e portal do professor. O estudo concluiu que apesar das falhas nas políticas públicas, e a falta de investimento em informática educativa na educação pública, há repositórios que podem contribuir para a formação continuada de professores, de iniciativa do ministério de educação; mas infelizmente são pouco visitados pelos docentes ou usados pelas instituições para formação em serviço.

Palavras-chave: Recursos Educacionais Abertos. Formação Continuada. Ferramentas Digitais.

Abstract
The article analyzes the contribution of new information and communication technologies to teaching work today. It seeks to contribute to the improvement of the continuing education of teachers, making them aware of the need to know the main challenges that technological changes bring to teaching; it also intends to take a critical look at the effectiveness of public policies, in the sense of inserting resources and trained professionals in public schools. In support of continuing teacher education, open educational resources (OER) are presented that promote open education, encourage collaboration and sharing practices, facilitate access to knowledge and encourage teachers and students to be co-authors in the production of materials for educational purposes. The methodology used is bibliographic research, including search for sites such as public domain, TV school and teacher portal. The study concluded that despite the flaws in public policies, and the lack of investment in educational computing in public education, there are repositories that can contribute to the continuing education of teachers, initiated by the ministry of education; but unfortunately they are seldom visited by teachers or used by institutions for in-service training.

Keywords: Open Educational Resources. Continuing Education. Digital Tools.

Biografia do Autor

Aline da Costa Silva Santos, Faculdade Tecnológica do Estado do Rio de Janeiro. RJ, Brasil.

Graduada em Pedagogia pela Faculdade Tecnológica do Estado do Rio de Janeiro (FAETERJ). Integrante do grupo de pesquisa: “Escolarização: políticas públicas, práticas e história” (CNPq), coordenado pela prof. Dra. Mariza da Gama L. Oliveira.

Thássya Maria Dias de Oliveira, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. RJ, Brasil.

Graduada em Pedagogia pela UNIRIO (UAB/CEDERJ). Integrante do grupo de pesquisa: “Escolarização: políticas públicas, práticas e história” (CNPq), coordenado pela prof. Dra. Mariza da Gama L. Oliveira.

Mariza da Gama Leite de Oliveira, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro. RJ, Brasil.

Doutora e Mestre em Educação (UFRJ). Especialista em Psicopedagogia, Gestão de Pessoas e Gestão Pública Municipal. Licenciada em História e Pedagogia. Atuou por trinta anos na Educação Básica e profissional como orientadora pedagógica e docente. Atuou como docente nos cursos de Pedagogia da UERJ e FAETERJ. É tutora a distância do curso de Pedagogia da UNIRIO, e coordena o grupo de pesquisas: “Escolarização: políticas públicas, práticas e história” (CNPq). Autora do livro: “O Subalterno Pode Falar: uso de fontes primárias no resgate da história das práticas escolares” (Ed. Appris, 2018).

Referências

BALADELI, A. P. D.; BARROS, M. S. F.; ALTOÉ, A. Desafios para o professor na sociedade da informação. Educar em Revista. Editora UFPR. Curitiba, Brasil, n. 45, p. 155-165, jul. - set. 2012. Disponível em: www.scielo.br/pdf/er/n45/11.pdf. Acesso em: 28 nov. 2019.

BARROSO, F.; ANTUNES, M. Tecnologia na educação: ferramentas digitais facilitadoras da prática docente. Pesquisa e Debate em Educação (PPGP/UFJF). V. 5, nº 1, p. 124 - 131, 2015. Disponível em: www.revistappgp.caedufjf.net/index.php/revista1/article/download/126/81. Acesso em: 18 set. 2019.

BRASIL. Banco Internacional de Objetos Educacionais. Secretaria de Educação a Distância. Ministério da Educação. 2009. Disponível em: <https://objetoseducacionais.mec.gov.br>. Acesso em: 30 nov. 2019.

LEITE, W. S. S.; RIBEIRO, C. A. N. A inclusão das TICs na educação brasileira: problemas e desafios. Magis. Revista Internacional de Investigación en Educación, Pontificia Universidad Javeriana Bogotá, Colombia, vol. 5, nº 10, jul - dez, p. 173 – 187, 2012.

LEMOS, R. Creative Commons, mídia e as transformações recentes do direito da propriedade intelectual. Revista Direito GV1. v. 1, n. 1, p. 181 – 187, maio 2005.

LOPES, P. M. A.; MELO, M. F. A. Q. O uso das tecnologias digitais em educação: seguindo um fenômeno em construção. Psicologia da Educação. São Paulo, 38, 1º sem./2014, p. 49-61. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/psie/n38/n38a05.pdf. Acesso em: 12 ago 2019.

NETO, F. M. S.; GARCIA, M. L. S. Recursos educacionais abertos para EAD. CONGRESSO BRASILEIRO DE ENSINO SUPERIOR A DISTÂNCIA, 10, 2013, Belém. In: Anais... Belém: UNIREDE, PA, 2013, p. 1 – 11. Disponível em: http://www.aedi.ufpa.br/esud/trabalhos/poster/AT3/114319.pdf. Acesso em: 10 set. 2019.

OLIVEIRA, M. G. L. A capacitação do professor para o uso das tecnologias da informação e comunicação. Intermeio: revista do Mestrado em Educação, Campo Grande, MS, v. 9, n. 18, p. 90-103, 2003. Disponível em: http://seer.ufms.br/index.php/intm/article/view/2598. Acesso em: 12 set. 2019.

SILVA, R. D. S. Nativos e imigrantes digitais no contexto educacional. 2014. 66f. Monografia (Especialização em Fundamentos da educação: práticas pedagógicas interdisciplinares) - Universidade Estadual da Paraíba, João Pessoa, 2014.

VALENTE, J. A. (Org.). O computador na sociedade do conhecimento. Campinas: Ed. da Unicamp, 1999.

VALENTE, J. A.; ALMEIDA, F. J., Visão analítica da informática na educação no Brasil: a questão da formação do professor. Revista Brasileira de Informática na Educação, nº 1, pp. 45-60, 1997. Disponível em: http://www.geogebra.im-uff.mat.br/biblioteca/valente.html. Acesso em: 04 de maio de 2019.

WERTHEIN, J. A sociedade da informação e seus desafios. Revista Ciência da Informação. Brasília, v. 29, nº 2, p. 71 - 77, maio/ago. 2000. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ci/v29n2/a09v29n2.pdf. Acesso em: 25 out. 2019.

Sites Visitados:

https://tvescola.org.br

portaldoporfessor.mec.gov.br

www.dominiopublico.gov.br

Downloads

Publicado

2021-06-23

Edição

Seção

Artigos