O Plano Nacional de Educação Movimento Histórico e Suas Perspectivas

Autores

  • Soraia Chafic El Kfouri Salermo
  • Samira Fayez Kfouri da Silva
  • Ennia Débora Passos Braga Pires

DOI:

https://doi.org/10.17921/2447-8733.2012v13n1p%25p

Resumo

O movimento histórico do Estado Planejador no que tange a construção do Plano Nacional de Educação - PNE passa por avanços e recuos pelo processo contraditório que apresenta. Propomos resgatar aspectos do movimento histórico e suas perspectivas para tentar compreender a lógica deste processo, do Manifesto dos Pioneiros da Escola Nova redigido por Fernando de Azevedo em 1932 ao atual Projeto de Lei n. 8035/2010 que ora tramita no Congresso Nacional. A história recente conta com precedentes importantes ao processo atual de discussões, debates para a construção de um novo Plano Nacional de Educação o qual resultou num documento final da Conferência Nacional de Educação, CONAE/2010. Este trabalho é fruto de um projeto de pesquisa de cunho qualitativo desenvolvido na Universidade Estadual de Londrina, partindo do pressuposto que um projeto de escola não se dissocia de um projeto de Estado que busca compreender os reflexos da Política Educacional nos projetos de educação em unidades escolares. Observamos que o atual Projeto de Lei para o PNE apresenta-se contraditório com as justificativas que o acompanham, bem como com o documento final da CONAE/2010, o qual é considerado documento referência.

Downloads

Publicado

2015-07-02

Edição

Seção

Artigos